Adoração, Oração e Sacrifício
Postado em 10/01/2017

Irmãos e Irmãs a plenitude da lei é o amor, a partir disso devemos fazer vontade do pai, fazer a vontade de Deus. Nós temos um período na missa que fala dos dez mandamentos, quando ele fala dos dez mandamentos, ele fala projeto libertador do pai, onde Deus escuta o apelo do seu povo e sela sua união com ele. Trata-se de uma aliança de amor, não somente de uma união comum, mas de uma união de amor.
O profeta Ezequiel diz para o povo de Deus que os mandamentos não devem mais ser talhados em pedras, mas sim primeiro no coração. Para compreender o primeiro mandamento tem que passar pelo coração. Por isso o profeta fala do coração que é o centro da vida e assim ele diz: ‘’Darei a eles um coração límpido, colocarei no intimo deles um espírito novo, tirarei do peito deles o coração de pedra e lhes darei um coração de carne. Tudo isso para que eles sigam meus estatutos põem em pratica as minhas ordens. E então eles serão o meu povo e eu o seu Deus. ’’ Eis a aliança que passa pelo coração vindo do grito do povo.
O Papa Francisco tem colocado pro mundo para trabalhar mudança, mudança de mentalidade, mudança de atitude uma conversão. E ai nos deparamos com o mandamento, AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS, então a partir da temática deste ano devemos olhar para um Deus libertador, o próprio Javé. Para amar a Deus o cristão precisa ter a identidade definida de fé e solidariedade.
No evangelho de Mateus 4, 10 onde acontecem as interpelações: Amar a Deus sobre todas as coisas, ele é a origem e o fim, depois ele toma a iniciativa, primeira iniciativa é dele, ele nos amou primeiro e por isso nós devemos o amar. É preciso ter coragem de fazer o bem, de amar. A partir de a esperança praticar a caridade e fazer o bem.
Como adorar a Deus sobre todas as coisas? Adoração, Oração e Sacrifício. Adorar a Deus o que defende a vida, não dá pra concordar com a cultura de morte que está no nosso País e, sobretudo em Manaus. Um pouco abaixo de Deus o fizeste. Oração, é fácil orar? Oração exige tempo, exige disciplina, é um diálogo de duas pessoas que se amam como diz Santo Afonso. Sacrifício, palavra difícil, doar-se totalmente, porém possível. A primeira leitura o ser humano criatura de Deus, lembra a criação e a redenção, lembra também o ser humano que é responsável pela vida e pelo cuidado com os outros. O ser humano então é obra de Deus, consagrado a Deus, propriedade de Deus. Por isso a escritura diz que Deus não quer a morte do pecador e sim que ele se converta e viva. No evangelho que profundo inicia o ministério ensinando, e os pais será que estão ensinando a amar a Deus? Na família que precisa ser evangelizada, é necessário esse cuidado. Quem vai servir tem que ter a consciência que vai gerar a vida, paz, verdade, liberdade e salvação. Portanto amar a Deus sobre todas as coisas é amar o Deus da verdade, da liberdade e da salvação.